sábado, 20 de julho de 2013

Carta ao Meu Ex-amor



       Querido Ex-Amor...
     Como é estranho e íntimo chamar-te assim! E como é anormal que eu te escreva... Quanto mais isso, que estou a escrever-te!
      É que eu venho informar-te que teu lar eu pus à venda... E, esse lar, que desprezaste, encontrou um comprador.
       Querido, meu querido Ex-Amor...
       É que andei por muitos dias a sofrer à tua espera. E não vieste... E o tempo esgotou. Dias e noites eu fiquei a aguardar-te. Esperei-te ante o céu, ante a lua... Testemunhas de minhas lágrimas e falsas esperanças...
      Mas, um dia, amado Ex, veio a mim um novo amor. E roubou-me o coração, enxugou-me as duras lágrimas... Um amor que eu não busquei, que me fez, enfim, sarada.
      Um amor que não enxerga os defeitos que há em mim... Tão sincero, tão perfeito! Um amor que não tem fim...


Por: Michelly Bélier
(06.09.2011)

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Template by:

Free Blog Templates